ÔĽŅ
Espanhol InglÍs      

Abaçai

Os sabores e aromas da Mesa Paulista em São José dos Campos

As del√≠cias das culin√°rias caipira, cai√ßara e tropeira no Revelando S√£o Paulo  Vale do Para√≠ba

Em meio a tantos Chefs e realitys shows de culin√°ria, o festival Revelando S√£o Paulo √© o verdadeiro espa√ßo para a identidade dos saberes e fazeres tradicionais da mesa caipira. A aut√™ntica culin√°ria caipira se apresenta na capital com seus marcantes sabores e aromas, toda tradi√ß√£o do interior, faz uma mostra desta culin√°ria em ranchos tropeiros, fog√Ķes a lenha e receitas de diferentes regi√Ķes de S√£o Paulo.

As culinárias dos caipiras, caiçaras e tropeiros serão destaques no XV Revelando São Paulo Vale do Paraíba, em São José dos Campos. Realizado no Parque da Cidade Roberto Burle Marx, de 6 a 10 de julho, o festival mostra as delícias da Mesa Paulista de cerca de 100 municípios do Estado de São Paulo.

Com a realização do Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria de Estado da Cultura, e parceria com a Fundação Cultural Cassiano Ricardo (FCCR), o festival traz culinaristas de todo o estado, onde, durante os cinco dias produzem doces caseiros, bolinhos caipira, bolos, virados, feijão tropeiro, entre outras iguarias de dar água na boca.

Alguns pratos t√™m nomes curiosos, como o Buraco Quente do Bi, de Pariquera-a√ßu, uma tradi√ß√£o com mais de 50 anos que come√ßou com os restos de lingui√ßa que ficavam na chapa e hoje √© um atrativo lanche com carnes, lingui√ßa, tomate, piment√£o e temperos singulares. A pa√ßoca tropeira de Pilar do Sul tamb√©m estar√° presente, preparada no pil√£o com farinha de milho e carnes. √Č at√© poss√≠vel confundir a pa√ßoca de carne com a farofa, mas a diferen√ßa est√° no preparo. A pa√ßoca precisa que a farinha de milho seja socada no pil√£o por aproximadamente uma hora, enquanto a farofa √© feita apenas da mistura dos alimentos.

Um dos sabores tradicionais do Vale do Para√≠ba est√° em Reden√ß√£o da Serra com a Carne na lata, conservada como os tropeiros e caipiras de antigamente, armazenada junto a banha do porco, isto prolonga a durabilidade do alimento e confere um sabor apurado e √ļnico, acompanhada de Tutu de Feij√£o, torresmo, carne com batata, arroz e farofa.

O que não pode faltar no Revelando São Paulo, ainda mais na edição do Vale do Paraíba, é o tradicional bolinho caipira, presente em muitas cidades do Vale do Paraíba, como São José dos Campos, Jacareí, Pindamonhangaba e o Distrito de São Francisco Xavier. Feito com farinha de milho e recheio de carne, o bolinho caipira surgiu no Vale do Paraíba, no século XVII,com os tropeiros, que durante as paradas das tropa, misturam a farinha de milho com água e temperos para rechear com carnes ou peixe. Cada município tem sua receita e seus segredos, mas todos são de dar água na boca e fazem muito sucesso durante o festival da cultura tradicional paulista.

Os munic√≠pios de Paraibuna, Reden√ß√£o da Serra e Pindamonhangaba trazem o caracter√≠stico caf√© da manh√£ caipira. O caf√© √© passado no coador de pano todos os dias, de manh√£ e √† tarde, e depois servido com broas de milhos, bolinhos de chuvas e biscoitinhos de nata. Tudo feito em fog√Ķes √† lenha.

Os doces, trazidos por doceiras dos municípios de São João da Boa Vista, Praia Grande e Guaratinguetá, também são destaques e destroem qualquer dieta. Delícias como goiabada cascão, doce de leite, cocada de jaca, casca de limão doce e paçocas são preparadas durante todos os dias do evento, podendo ser saboreadas na hora ou levadas para casa.

O Festival √© gratuito e funcionar√° das 9h √†s 21h. Mais informa√ß√Ķes podem ser encontradas no site www.revelandosaopaulo.org.br.


Serviço:

XV Revelando São Paulo Vale do Paraíba
Data: 6 a 10 de julho
Horário: das 9h às 21h
Local: Parque da Cidade "Roberto Burle Marx"
Endereço: Avenida Olívio Gomes, 100 - Santana
Estacionamento no local
Entrada franca
Informa√ß√Ķes: www.revelandosaopaulo.org.br