Document


Espanhol Inglês      

Abaçai

Olímpia volta ao Revelando São Paulo com a Linguiça Caipira

Fotos: Rafael Leitão

A linguiça caipira chega ao Revelando São Paulo Vale do Paraíba, trazida pelo grupo Terno de Congada Chapéus de Fitas, que participa da culinária pela primeira vez. Tradicional na região noroeste do Estado, principalmente em Olímpia, a linguiça também é conhecida antigamente como linguiça caipira.

Image title


A responsável pela culinária de Olímpia, Maria Abadia Ferreira da Costa, conhecida como Nega Ba  que também é primeira rainha do Clube de Congado formado em Olímpia, conta que seus bisavôs faziam a linguiça com carne de vaca, leite sal e temperos, mas que a chamavam de linguiça caipira. "Era uma forma de reaproveitar os alimentos, de conservá-los por mais tempo", conta.

Segundo Nega Ba, a receita da linguiça é da época dos escravos. "Naquela época, os escravos ficavam com as piores carnes e fazer a linguiça foi uma forma de deixar o alimento mais saboroso", afirma. O leite foi usado para amaciar a carne e ajudar a pegar mais o sabor dos temperos.

Image title


Hoje, Nega Ba faz a linguiça caipira ou cuiabana para as festas no município e também para o Encontro de Congadas de Olímpia. Nas festas nós servimos a linguiça caipira acompanhada de mandioca cozida.

Mas a história da cuiabana é bem mais antiga, da década de 1950. Segundo pesquisas, o fazendeiro Zenha Ribeiro foi quem levou a receita da iguaria para a região Noroeste de São Paulo, após experimentar em um churrasco preparado por mato-grossense Olinto Correa. Ribeiro aprendeu a preparar a iguaria e fez um churrasco para familiares e amigos, que aprovaram a receita que hoje é uma tradição na região.


Serviço:
XIV Revelando São Paulo Vale do Paraíba
Data: 8 a 12 de julho

Horário: das 9h às 21h
Local: Parque da Cidade Roberto Burle Marx
Endereço: Avenida Olívio Gomes, 100 - Santana
Estacionamento no local
Entrada franca
Informações: 
www.revelandosaopaulo.org.br 
Ao vivo pela internet. Acesse o site e acompanhe pela TV Revelando