Espanhol Ingls      

Abaçai

O Revelando


O Programa Revelando São Paulo foi criado em 1996 pela Abaçaí Cultura e Arte, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo. 

Sempre voltado para a Cultura Tradicional do Estado de São Paulo (Patrimônio Imaterial) é um articulador e promotor de ações e políticas culturais em todo o Estado, envolvendo pesquisas, relações institucionais, contatos com as mais diversas comunidades, diálogos e parcerias com os dirigentes culturais dos municípios e instituições privadas de natureza cultural e/ou educacional. 

Por meio de suas pesquisas e parceiros, este programa revela a importância da cultura imaterial, de saberes e fazeres de várias comunidades e pessoas da região, procurando contribuir com a sua manutenção e extroversão, envolvendo as diversas instâncias dos poderes públicos municipais e estadual, para que se garanta as condições necessárias à sua continuidade. 

colagem


O Programa Revelando São Paulo também prestigia, apoia e incentiva pessoas, grupos e instituições que, mesmo sem fazer parte historicamente de determinadas manifestações culturais, procuram com seu trabalho e pesquisa, mantê-las e difundi-las, seja fielmente ou por meio de releituras sérias.


O Festival

O Festival da Cultura Paulista Tradicional é fruto do Revelando São Paulo. Com mais de 50 edições realizadas em 18 anos, é uma importante etapa nesse processo ao promover os encontros das mais diversas manifestações culturais de todo o estado de São Paulo, objetivando a troca de experiências, a articulação entre comunidades, a extroversão dos saberes e fazeres para um público ainda maior, seja na capital ou em outras centralidades urbanas onde ocorre o Festival. Sempre com o propósito de revelar e valorizar. 


O maior evento de Cultura Tradicional do Brasil 

Image title

Tropeiros e comitivas.Foto: Reinaldo Meneguim


No Festival participam mais de 300 grupos de cultura tradicional, como batuques, folias, jongos, congos, grupos folclóricos de comunidades de imigrantes, cururus, comunidades indígenas, trança fitas, bandas e fanfarras, irmandades religiosas, quilombolas, violeiros e orquestras de violas, ciganos, fandangos, além da rica culinária paulista e também seu rico artesanato, em mais de 180 estandes.


Atualmente são promovidas 4 edições do Festival por ano: 

Entre Serras e Águas, em Atibaia 

Vale do Ribeira, em Iguape 

Vale do Paraíba, em São José dos Campos 

Capital, em São Paulo 


O Festival em Números

setor culinária do festival

Setor de culinária do Festival em São Paulo. Foto : Reinaldo Meneguim


Tomando como base a edição Capital de 2014.

Mais de 160 municípios participantes, de todas as regiões do estado de São Paulo

68 municípios com estandes de culinária

105 municípios com estandes de artesanato

800 pessoas trabalhando diariamente no artesanato e culinária

Comunidades Indígenas de 11 etnias, 30 aldeias (mais de 100 participantes)

Comunidades Ciganas de 7 municípios

Mais de 9.000 integrantes de grupos de cultura tradicional (aproximadamente 230 grupos)